As emocionantes aventuras de um sysadmin linux na procura pelo uptime perfeito!

Como assim reprovado.

Posted: julho 17th, 2006 | Author: coredump | Filed under: General | Tags:

Então.

Eu sempre fui nerd e cdf. Eu não fui reprovado na escola, e não consigo me lembrar de alguma vez onde não fui aprovado. Com excessão de vestibulares, mas daí não depende só de mim. Em todas as coisas em que eu dependia só de mim, me dei extremamente bem e nunca deixei a desejar.

E não é que na sexta fui entrevistado pra um emprego (tinham marcado muito antes, mas a entrevista era só na sexta) e hoje me disseram que eu fui reprovado. Como assim. Eu nunca tive de lidar com isso. A vontade no momento é ficar irritado com alguma coisa, mas com o que? Com minha ausência de conhecimento? C’mon! Eu sei muito bem que eu sou bom na **** do negócio.

E sim, eu fui reprovado pelo Google também, mas eram entrevistas em inglês e num nível bizarro que eu não tinha muita confiança mesmo. Dessa vez eu estava certo que tudo daria certo.

Mas bem. Eu já tenho um emprego, só não me contrataram ainda. Espero que façam isso essa semana ainda.

Reprovado. Faça-me o favor.

Technorati Tags: , , ,

Compartilhe:
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Slashdot
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • TwitThis
  • Identi.ca
  • Twitter

Posts relacionados:

  1. E o Ubuntu me perde como usuário e entusiasta. Quem me conhece deve saber que no último ano eu...
  2. Diferença de Presente e Agrado Detesto ganhar roupas. E sapatos. Na verdade, em qualquer oportunidade...

6 Comments »

6 Comments on “Como assim reprovado.”

  1. 1 Jonas said at 12:39 on julho 18th, 2006:

    E posso perguntar qual foi a vaga almejada?

  2. 2 Patricia Bernardini said at 21:04 on julho 21st, 2006:

    Bom, eu já fui reprovada na dinâmica de grupo depois de ser aprovada no teste técnico!!! O mundo não gosta de nerds… =)

  3. 3 Ataliba said at 9:49 on julho 23rd, 2006:

    Tive esta experiência também, pois fui vítima de uma “reformulação de equipe” também.
    Aí, cheguei a ir em uma entrevista, e parece-me que fui reprovado. No fim, acho que a palavra é que é meio “estranha”.
    Deveriam é entrar em contato e dizer “Você não nos agradou por causa de x, y “.
    Mas já viu né … Brasil realmente tem cada uma …

  4. 4 Pablo said at 16:16 on julho 28th, 2006:

    Também nunca fui reprovado em nada (nem vestibular – nos 4 que fiz e comecei a cursar até) ou demitido de trampo.

    Mas lembro uma vez, quando eu era mlq, e fui caçar emprego com 14 anos, oiauwehuioaew, como designer… poutz… Dessa vez eu fui reprovado. Eu não sabia brincar com as camadas do Photoshop 100% ainda, oiuahwiuaew, só sabia fazer edições do zero, arte gráfica no mouse (se vc visse um olho que fiz uma vez, ia ficar de cara, quando o Adobe Photoshop ainda era o Aldus PhotoStyler….)

    Então, relaxa. Um dia acontece. Um dia a gente cai do cavalo. Mas no outro, a gente acaba montando em um cavalo melhor e mais veloz.

    Um abc! e boa sorte.

  5. 5 Leandro Godoy said at 11:24 on julho 31st, 2006:

    Acontece amigo … nem esquenta e bola pra frente … tem um montão de empresas que o teu conhecimento será melhor aproveitado e valorizado …

    Abraços

  6. 6 Vulnavia said at 4:38 on agosto 1st, 2006:

    houhouhou
    welcome to the real world!

    recentemente fui reprovada numa entrevista para ASSISTENTE DE BIBLIOTECA numa universidade aí.
    E recebi o tal telefonema de reprovada. Como tenho meus “espiões” nesse lugar, fiquei sabendo que a pessoa aprovada não sabia nem para quê servia Caps Lock.
    E depois ainda fiquei sabendo que era tudo marmelada, que fui bucha de canhão, a desgraçada universidade, ou melhor, um certo superior lá, escolhe quem quer empregar e arruma mais meia dúzia de bobos para fazer figuração. Lindo non?

    Life is not fair fellow.


Leave a Reply