As emocionantes aventuras de um sysadmin linux na procura pelo uptime perfeito!

Twilight Series por Stephenie Meyer, minha resenha

Posted: janeiro 29th, 2009 | Author: coredump | Filed under: Literatura | Tags: , ,

Se você gosta de livros ou mesmo se não gosta e não mora numa caverna, já deve ter ouvido falar do fenômeno Twilight. Uma série de quatro livros escritos por Stephenie Meyer que narra a hisória de Bella Swan, uma adolescente normal, e um triângulo amoroso entre um Vampiro (Edward) e um Lobisomem (Jacob). O primeiro livro da série foi recentemente lançado como filme nos cinemas (ainda se acha em cartaz aqui em Brasília).

Dito isso, saibam que eu não ia inicialmente ler a série. Achei o plot tosco e eu tenho um certo asco natural a literatura young-adult muito melosa. A minha esposa (Li) leu todos os 4, gostou, e eu pedi para ela me contar a história inteira. Quase tive engulhos. Resolvemos assistir o filme e eu achei o filme tão ruim, mas tão ruim, com uma história tão fraca e uns atores tão pebas que eu resolvi ler os livros para conferir se era ruim daquele jeito mesmo ou se foi só uma adaptação feita ‘nas coxas’.

O que eu concluí foi que a adaptação realmente não ficou boa para o cinema. A história tem seus méritos e personagens/partes boas. O que fode tudo é que os personagens bons não são os protagonistas, são os coadjuvantes.

SPOILERS A PARTIR DAQUI, NÃO LEIA SE NÃO QUISER SABER DETALHES DOS DIVERSOS LIVROS

Convenhamos, a Stephenie Meyer falhou ao criar a Bella e o Edward. A Bella é completamente sem sal. Tudo bem que ela devia ser uma “adolescente comum que não chama muito a atenção”, mas as vezes beira ao retardo. Sem contar que, como outros já criticaram, a Stephanie Meyer gasta PARÁGRAFOS para as descrições de como a Bella vê o Edward. Isso mesmo, parágrafos inteiros dela descrevendo como a camisa dele se molda ao corpo, como os olhos dele brilham, como o rosto dele é perfeito… Depois da segunda vez que ela fez isso eu me especializei em pular esses parágrafos. A outra crítica que eu tenho ao personagem Bella é a aparente futilidade de suas escolhas… Mas isso eu reclamo mais na frente.

O Edward. Esse sim me dá nos nervos. Primeiro, porque como eu ja disse eu tenho uma certa ojeriza de personagens vampiros em geral (a não ser que seja a Kate Beckinsale). O Edward me irritou bastante nos três primeiros livros. No quarto livro ele aparece tão pouco (já que eu pulo a maioria dos encontros entre ele e a Bella) que nem me importei. Depois de um certo tempo e conversando com a Li eu cheguei a uma teoria que parece estar correta (e ela concorda comigo): o Edward é na verdade um personagem feminino. A Stephanie Meyer escreveu o Edward como se ele fosse uma mulher: ele é bonito, inteligente, forte, apaixonado, prendado, elegante, etc… Na verdade, se você trocar o nome do Edward para Linda ou Shirley, Twilight se torna um triangulo amoroso com muito mais sentido, e você nem precisa mudar o texto, porque o Edward age como mulher também. Ele é tão irreal que dá para entender o porque de tantas adolescentes serem loucamente apaixonadas pelo personagem.

A irrealidade dele me leva a falar da terceira ponta do triângulo principal de personagems, Jacob. Esse sim é um personagem que parece de verdade, e age como um homem. É fácil de gostar do Jacob porque ele é o personagem que SOFRE e que tem as reações mais parecidas com uma pessoa de verdade. Na verdade, todo o núcleo de personagens que cerca Jacob e as duas alcatéias de Lobisomens parece muito mais terreno e de verdade que o resto dos personagens.

E isso é minha crítica final ao livro. Acho que a autora na tentativa de fazer os Vampiros parecerem seres sobrenaturais tentando viver no “mundo real”  acabou fazendo com que eles ficassem aliens DEMAIS, e pra mim eles soam muito deslocados e bidimensionais. Com o nascimento da Renesmee então, tudo degringola pro pior.

No mais, os livros são preguentos, daquele tipo que você não quer parar de ler até chegar no final, mesmo quando a história fica RUIM de doer (como o primeiro capítulo do livro 4, detestável). Eles parecem grandes, mas eles usam uma fonte gigante, eu li os 4 livros em 1 semana ou menos (em inglês, não sei o tamanho deles em português). Aconselho, mas para os garotos/homens que lerem sigam minha dica: pulem o romancinho mela calcinha ou vocês vão detestar.

Compartilhe:
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Slashdot
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • TwitThis
  • Identi.ca
  • Twitter

Nenhum post relacionado.

42 Comments »

42 Comments on “Twilight Series por Stephenie Meyer, minha resenha”

  1. 1 Nica said at 10:34 on janeiro 29th, 2009:

    Quanto ódio no seu coraçãozinho… :)

    Concordo com sua críticas em relação aos personagens principais – a Bella me irrita profundamente, e o Edward é bom-demais-pra-ser-verdade irreal. Mas acho que esse é o grande mérito da Meyer: uma adolescente típica é chatinha assim mesmo, tem problemas de auto-estima e vive tomando as decisões erradas, e a Bella preenche todos os pré-requisitos.

    Ainda não terminei o quarto livro, mas quando terminei dou meu veredito!

  2. 2 André said at 20:01 on fevereiro 5th, 2009:

    É bom ler a opinião de pessoas sensatas. Achei particularmente interessante o detalhe de Edward comportar-se como uma mulher, é algo que eu não havia percebido. No meu blog fiz (por meio de uma tradução e algumas adições) dois textos sobre a série e a autora. Tomo a liberdade de divulgá-los:

    Resenha sobre a série Twilight
    Fique Rico imitando Stephenie Meyer

    Lá tive que fechar os comentários devido à invasão de fãs enfurecidas. Espero que não encontrem teu texto :P

  3. 3 Biia said at 19:43 on fevereiro 14th, 2009:

    Nossa vcs naão sabem apreciiar um fiilmee !
    eeu ameei e amoo esse filme jaá lii os 4 livroos e ameei ! todo diia leeio algumas partes q são interessantee !
    geente pra flaar a verdadee esse filme é lindo !
    naão tenho nda contra a opinião de vcs maais na minha opinião é o melhor filme dee todos !

  4. 4 Milena said at 22:57 on fevereiro 23rd, 2009:

    Puxa, eu queria fazer um comentário no blog do André…pois morri de rir com todos aqueles comentários…iahiuahuiah. Bem, eu li todos os livros, e realmente há prós e contras…É realmente uma história mágica…a tal do príncipe encantado…nesse ponto é um bom divertimento…Agora a autora realmente dá umas escorregadas…por exemplo…vampiros com 25 pares de cromossomos, os lobos (que depois nao sao mais lobos…) com 24 pares e nós com 23 pares…pera aí…e de onde saiu a menina??? Bem…biologicamente falando….tem muita coisa estranha aí…iauhiahiuahiuhiuaa
    Eu gostei das histórias, mas o leitor tem que ser consciente do que está lendo e crítico…não se pode simplesmente engolir o texto…livros servem para nos fazer pensar…mesmo q seja divertido ou mágico.
    Abraços,
    Mi

  5. 5 Daniela B. Mora said at 12:59 on março 1st, 2009:

    bom, li o 1º livro em apenas uma semana, e gostei muito, contudo vms combinar, tbm achei a bella meio sem sal e sem açucar mais amei o livro, quando ler o restante, o outros livros, venho a postar minhas criticas e comentarios, bjs :*
    dane! -

  6. 6 Daniela B. Mora said at 13:01 on março 1st, 2009:

    apesar dos apesares, esse foi um dos poucos livros que eu amei, e achei maravilhosa a história, e olha que já li muitos e foram poucos os que me prenmderam tanto como o twilight e etc me prendeu! -

  7. 7 Adele said at 20:05 on março 11th, 2009:

    Sinceramente, sua crítica é fantástica. Ao construir Edward como um estereótipo de “herói romântico”, a autora degringolou para esferas pouco louváveis da trama e acabou perdendo um fio condutor mais interessante: a suposta astúcia dessas personagens, que se valem dos caracteres da beleza e do poder pessoal com um único propósito – obter alimento. Edward é tão feminino e tão ideal que, como vc declarou – e com muita propriedade – bastaria trocar o nome dele por outro, no feminino, para que houvesse um triângulo amoroso mais capaz de surpreemder os leitores. Parabéns pelo bom gosto literário, embora eu adore os vampiros!

  8. 8 Fernanda said at 20:10 on março 12th, 2009:

    Bom,é interessante ler comentários sobre essa série de Sthefenie Meyer,e eu respeito q cada um tenha sua opinião mas,ninguém pode negar q o livro prende o leitor até o fim e faz com q a gente sinta vontade de não parar de ler até o fim.Eu concordo q a autora idealiza muito Edwart e passa muito tempo descrevendo seu físico,movimentos e coisa e tal,mas,cá pra nós,não são esses detalhes q torna a trama irresistível? Essa riquesa de detalhes q ela usa pra descrever não só Edward mas todos os outros personagens faz com q imaginemos eles perfeitamente e é essa riqueza de detalhes q torna o livro muito interessante.

  9. 9 coredump said at 20:56 on março 12th, 2009:

    Fernanda, ela não descreve nada com detalhes, ela detalha o Edward sempre do mesmo jeito, repetindo sem parar o que estamos careca de saber. E não, não é isso que prende no livro.

  10. 10 MARIANA said at 22:26 on março 13th, 2009:

    DISCORDO PLENAMENTE.BELLA TEM UM PERFIL QUE QUALQUER MULHER EM QUALQUER IDADE SE IDENTIFICA.DESDE OBSERVAR OS MINIMOS DETALHES DE UM FATO PASSANDO PELA DUVIDA POR PENSAR DEMAIS E MESMO ASSIM ACHAR QUE A CULPA E SEMPRE DELA E POR FIM ACREDITAR QUE SERA PROTEGIDA, EM TODOS OS SENTIDOS, POR UM VERDADEIRO HOMEM.QUANTO A EDWARD ELE REALMENTE E SURREAL, SEU CAVALHEIRISMO, SUA INTELIGENCIA, SUA PERCEPÇAO, SUA PACIENCIA E TODO O SEU ^SER^ E INDESCUTIVEL DE TAO MARAVILHOSO QUE E.ACHO QUE REALMENTE SERIA NECESSARIO NO MINIMO CEM ANOS PARA UM HOMEM SE TORNAR UM VERDADEIRO MACHO .

  11. 11 Kelly said at 3:19 on março 29th, 2009:

    Olha, realmente AMEI a sua crítica. Estou cansada de todas as minhas amigas pirarem pelo Edward e pelos livros, não enxergando os milhares de defeitos que eu já via, que ninguém concordava e que foram descritos nesta resenha. Parabéns :D

  12. 12 Cátia Morais said at 12:27 on abril 18th, 2009:

    Olha concordo com todas as criticas, elogios e defeitos afinal é assim que se cria uma boa historia e vivemos numa democracia, por isso todos podemos expressar nossas opniões.
    Bem no meu caso adorei os 3 primeiros e estou a procura do 4º se alguem puder me ajudar a localiza-lo pois pelas informações que obtive ele ainda não se encontra no Brasil, Bia vc diz que já leu onde o encontrou por favor me passe essa informação.
    A leitora dessa saga de Stephenei Meyer é realmente de prender a atenção, li os três livros em 3 semanas a já reli crepusculo é fascinante mesmo, em relação ao filme eu não gostei, fatam algumas informações que nos deixa (pelo menos eu…) perdida na história, sei que os livros são mais detalhados mais para o filme deveriam ter tomados certos cuidados para não perder certas emoções. Por isso sempre digo é bem melhor uma leitura do que um filme nunca um é fiel ao outro o que acaba nos decepcionando no final.
    Parabéns a todos pelos comentários e reforço meu pedido de ajuda para localizar onde estão vendendo o 4º livro da saga crepusculo ( entitulado Amanhecer)

  13. 13 deise said at 21:39 on abril 28th, 2009:

    qualé olha só as pessoas esquecem que edward é de um secúlo onde elegancia e cavalherismo era sinal de boa educação esquecem que ele teve uma mãe devotada q criou o filho como um principe chegando ao ponto de anular as proprias chances de sobrevivencia fora que depois de se transformar em vampiro ele foi instruido por carlisle um vampiro de ideiais e valores como se também o fato de ele ter ascesso aos pensamentos dos outros não lhe desse um bom referencial de comportamento então o fato dele ser delicado cavalheiro educado não o torna afeminado e sim inteligente por deus lembrem q ele teve 110 anos pra absorver qualidades e paciência isso o torna real e naõ irreal gente irreal seria um personagem com 110 anos q agisse como um adolecente rude e idiota fora q ele é tão protetor por q tem conciência q pode mata-la então observem os detalhes vejam e adimitam ele é perfeito e muito bem cosntruido agora a bella por ser uma adolecente é chata se deixa levar é indecisa insegura e imprudente mas mais uma vez um personagem muito bem construido era necessario q ela fosse assim pra q ouvesse um contraste entre as idades o jacob por ser jovem tem as mesmas caracteristicas da bella agindo as vezes de forma impulsiva e imprudente mas o q dizer além de OBRIGADAAAAAAA stephanie meyer por nos dar o romance do seculo21 gente no mais não esqueçam é fantasia é pra ler se emocinar e desejarviver uma historia linda tbm eu amo crepúsculo
    lua nova
    eclipse
    break dawn
    e sol da meia noite
    stephanie realmente é a nova rainha da fantasia ;)

  14. 14 taty said at 17:05 on abril 29th, 2009:

    eu acho vcs homens um bando de despeitados, eu acho o edward o sonho de qualquer mulher, quem dera so houvesse vampiros lindos e maravilhosos no mundo assim muitas mulheres se sentiriam verdadeiramentes bellas

  15. 15 Lara said at 20:01 on junho 9th, 2009:

    Ficção é feito para entreter o publico e o leitor dando a eles uma oportunidade de saírem de seu dia-a-dia sem graça…e de pensarem e até sonharem um pouco…
    e nao foram feito pra ser comparado com a realidade até porque trate-se de uma historia romantica entre um vampiro,uma humana e um lobisomem oq nao é nada normal…!!!devia refletir sobre isso…ficção nos ajuda a sonhar um pouco, o que é bom!!!

  16. 16 MARCOS NEGRÃO said at 18:40 on junho 15th, 2009:

    Eu só não consigo entender, porque tudo o que é alvo de critica negativa, vira um estrondoso sucesso. Será que o mundo se alimenta culturalmente de merda e os pseudos-intelectuais é que estão certos?

  17. 17 karina araujo said at 18:44 on julho 6th, 2009:

    cara, vc realmente astava fora de si mesmo ao falar isso, ou vc não leu direito……os livros.Sinseramente vai procurar outra coisa pra falar mas……..não fala mal da serie pq é falta de tempo…!

  18. 18 girrana cullen said at 18:04 on julho 12th, 2009:

    respeito a sua opnião,mas como uma verdadeira maníaca tão retardada quanto bella por edward acho q vc exgerou Meyer é uma grande escritora e digo isso somente pq leio muito e sei q nem todos escritores conseguem prender facilmente a atenção do leitor como ela, e se vc leu os livros e pulou certas partes eu consideraria q vc não tenha lido os livros até porque se vc tivesse lido com todo repeito edward aparece SIM em amanhecer diversas vezes!
    apesar de tudo obrigada por me mostrar seu ponto de vista mesmo q eu não concorde em nada com ele alias acho q no fundo vc gosta tanto de edward qunato eu mas não admite!rsss
    beijão até a próxima valeupelo espaço!

  19. 19 Danielle moura said at 13:18 on julho 15th, 2009:

    Ola para todos, bom… as criticas sao verdadeiras, concordo que e uma historia muito melosa, Eduard e lindo demais, Bella e muito enjoadinha, Jacob acredito que seja o unico que vale a pena assistir toda a saga, nao li os livros, pelo que li nas criticas, nem vou ler, pois detesto enchecao de linguica, mas vi o filme, de inicio fiquei encantada com aquele amor puro e inocente dos dois, minha opiniao particular, e que Jacob e o homem certo para Bella, mas o misterio e a seducao do vampiro atairam a adolescente, hoje em dia as manininhas gostam e disso, um carinha assim sedutor, misterioso, e bonito, mas o Jacob supera o Eduard em muita coisa, sem falar beleza fisica, que da de dez , na hisoria idem, concordo em muita coisa com as criticas, queremos historias mais reais e atuais, sem ese melodrama adolescente previsivel, desde o comeco, ja sabia qual seria o final, esses filmes acabam sendo todos iguais, admito a beleza de todos os atores, mas nao acho nenhum deles talentoso o bastante, a sorte da Escritora, e que o filme caiu na graca dos adolescentes. Ate gostei da historia , mas nao me acrescentou em nada.

  20. 20 tati said at 13:48 on julho 16th, 2009:

    Realmente vcs não sabem oq dizem …
    Edward é personagem isso já diz tudo … como vcs querem q façam um livro de ficção e contam a realidade de um homem … saibam fazer criticas … ninguém é obrigado a gostar do livro … mais quando fizerem uma critica pensam um pouco!
    a série crepusculo é fantastica … já q sabem tanto … faz melhor então!

  21. 21 daly said at 18:22 on julho 25th, 2009:

    Eu realmennte ameii os quatro livros,e acredito que o Senhor so esta se achando ,pois é um dos únicos que consengue inventar erros de stephanie.Eu adoro seus livros e acredito que ñ é só pra adolescentes apaixonadas, e eu que sou uma leitora muito esperiente e que ñ sei o que significa um fim de semana sem livros,ñ consigo imaginar o porque que alguem em sã consciencia le quatro livro,mesmo detestando a história.E tem mais,eu acredito que o sucesso que ela consiguiu foi devido a tudo o que ela pensou antes de nos entregar este livro fantástico,pra vc ter uma idéia até nas capas ela pensou ,a maçã por exemplo significa o fruto proibido ,ou seja o EDWARD .E eu dicordo totalmente do que vc comentou sobre suas descriçoes pois elas são fantasticas ,pra vc ter uma ideia lendo o livro se da para entender e descrever melhor na mente os personagens do que assistindo o filme.Acredito que opinião ñ se descute porém eu realmente fiquei indiginada com a sua reesenha e tenho minhas duvidas se vc leu o livroo.
    Acredito que nenhum escritor faz tanto sucesso como a Stephanie sem saber escrever,,

  22. 22 Vanessa said at 22:34 on julho 27th, 2009:

    bom, a serie eh mara! nunca pensei que leria tanto sem parar, que me apaixonaria tanto. edward é perfeito, e é exatamente ele que nos prende ao livro, o sonho e o desejo de ter alguem como ele na vida de todos os adolescentes, no 2 livro quando ele vai embora e abandona bella o livro deixa de ficar tao interressante quanto antes… o fim dele que se torna bom qndo ele volta.. ja no 3 livro o livro é perfeito pois ele se encontra sempre presente. tem algumas reacoes humanas, sente ciumes, proteje bella a namorada. entre outras coisas.. a unica critica é que eu acho bella uma adolescente que tem pais muito liberais, ela devia ser mais real, se aventurar mais, os pais deveriam se intervir mais;.. ela dorme, sai, uma coisa super natural pra charlie, ma nem sempre eh assim.. fora isso eu AMO.. SOU APAIXONADA E NAAAO QUERIA Q ACABAAAAAASSE NUNCA…… alguem sabe se stephanie vai lancar outra colecao?? ouvi falar….

  23. 23 Stefany said at 20:20 on agosto 17th, 2009:

    Bom. Se vc não gostou de Crepúsculo não sei o por que escrever essa resenha.
    Se vc acha que é tão ruim. Por que será que foi vendido mais de 27 milões de exemplares em todo o mundo ?
    Achou a historia tão ruim que teve enbrulhos. Por que fez questão de ver o filme.?
    Por que quiz ler o livro ?
    Se os atores não são bons para vc. Faça Melhor seu palaço idiota. Será que os jurados de MTV movie awards,Teen choice awards e muito mais, derão premios de molhores interoretações.
    Deveria crescer e fazer alguma coisa. Não ficar sentado um tempo pra digita isso.
    Seu problema está em Dar e RECEBER um amor igual o deles.
    Se fizesse alguma coisa que rendece.
    e eu tomo a liberdade de dizer que isso me dá um “embrulho” esse blog e vc ?
    Quer realmente que eu fale sobre vc?
    Bom é vc que fode a história e não os personagens.
    Obrigada seu Tosco.
    uma coisiinha que se um dia eu o imcontrasse eu faria pra vc.
    _|_ {opa será que vc sabe o que é ? de tão burro que vc deve ser, acho que não sabe neh. COLEGUINHA ^ ^}

  24. 24 Marcelo Saraiva said at 13:53 on agosto 18th, 2009:

    Comentários construtivos e cheios de correção ortográfica (como o da Stefany – aqui acima) são sempre um colhiro para os olhos…

    Só pra dizer que vc foi muito mais corajoso do que eu. Minha digníssima tb “devorou” e curtiu muito a série, tanto é que me levou pro cinema com ela. Mas o filme é TÃO ruim, mas tão ruim, que me desencorajou de ler os livros – não tive coragem mesmo.

    PS: Show de bola mesmo, foi a atriz que interpreta a Bella no filme, trôpega de bêbada, no Mtv movie awards deixando a pipoca cair no chão !!! :)

  25. 25 vanessa said at 22:20 on agosto 30th, 2009:

    nao tem nada a ve… a unica critica do livro, poderemos dizer que edward funciona como uma droga, e para viver esse amor ela precisa perder a vida. apenas isso! nao eh um amor saudavel!!

  26. 26 Altmann said at 6:43 on setembro 3rd, 2009:

    Realmente vcs não sabem oq dizem …
    Edward é personagem isso já diz tudo … como vcs querem q façam um livro de ficção e contam a realidade de um homem … saibam fazer criticas … ninguém é obrigado a gostar do livro … mais quando fizerem uma critica pensam um pouco!
    a série crepusculo é fantastica … já q sabem tanto … faz melhor então!;…

  27. 27 Larissa said at 11:17 on setembro 7th, 2009:

    Como esse assunto causa discórdia nas pessoas!
    Gosto é igual cú… mas pelo visto essa Stefany q comentou aí num sabe bem oq é isso né?!

  28. 28 Fernanda said at 10:04 on outubro 10th, 2009:

    Amém.
    Você disse EXATAMENTE aquilo que eu penso de Twilight. Pra começo de conversa, NÃO TEM HISTÓRIA. Pelo amor de Deus, é só prestar atenção que dá pra ver que a Stephenie Meyer é mestre na arte de enrolar, não de escrever.
    Como você disse, a Bella é nojenta. E não, eu não acho ela fácil de se identificar. Na minha opinião ela é fútil, fresca e é a própria definição de Mary-Sue. E quanto a gostar do Edward, eu o odeio, de verdade. Como eu já disse para uma amiga minha: eu não gosto de Edward porque gosto de homens de verdade. E, mais uma vez, você tira as palavras da minha boca ao falar o quanto não-macho ele é.
    E eu confesso: só li Twilight por causa dos coadjuvantes e secundários. A Alice, o Jasper, o bando de La Push, são todos ótimos – pena que pouco trabalhados. E o Jacob, de longe meu favorito, e ele sim é o mais fácil de se identificar porque ele é o mais humano e menos metido a perfeitinho da série.
    Texto ótimo o seu. E, como sempre, tenha cuidado com os fãs alienados da série que nem sabem quem é o autor de Dráculo.

  29. 29 Maria said at 9:56 on outubro 27th, 2009:

    Gente todo filme ou livro tem partes boas e ruins, realmente tem hora que não da vontade de ler o livro principalmente o Amanhecer depois da Lua de Mel enche o saco, mas os outros são ótimos, divertem e fazem sonhar se no mundo existicem homens como Edward. Resumindo o livro faz o papel dele que é distrair e fazer sonhar. Agora quem quiser aprender algo útil leia outro livro e veja outro filme, simples assim. Concordo com algumas criticas tem hora que Jacob também enche a paciêcia de tão babão como qualquer uma outra pessoa e gente que negocion sem sentido esse impring que ele tem com a filha de Bella e Edward é totalmente sem sentido o amanhecer deveria ser muito melhor pra dar um fim nessa serie e no entando deixa no ar como vai ser o futuro de Reneesme.

  30. 30 iza said at 15:54 on novembro 11th, 2009:

    Óla!
    li teu artigo e realmente concordo com algumas das tuas criticas.Acho que a sthefanie deixa um pouco a desejar principalmente na explicação biológica dos fatos,nas descrições e expressões como dei de ombros repetidas incansável vezes, e por fim nas batalhas pois confesso que esperava mais emoção,combates de tirar o fôlego…

    Mas veja o outro lado Stephenie oferece em, seus livros , o que a grande parcela das pessoas,principalmente as do sexo feminino, deseja e está carente que é o romantismo;ela não descreve Edward como um macho louco pra procriar ,ela o descreve como um Homem ,sendo assim o personagem de Edward é a personificação dos anseios femininos.
    Quanto Edward ser um personagem feminino,vale lembrar que a história é contada pelo ponto de vista de Bella, ,então é natural ,como uma adolescente apaixonada ela o descrever como um homem perfeito e não enxergar seus defeitos ,também é importante frisar que ele foi educado com princípios de 108 anos atrás então fica um pouco difícil de imaginar que o mesmo “chegasse” nela como os garotos da atualidade tipo:Pow gata olhei pro teu rosto vi essa sua boca e tipo me amarrei na sua!!!
    A autora capta exatamente o universo adolescente ao forma a imagem de Bella ela sabe que as garotas nessa fase da vida sentem-se:feias.desengonçadas,Frágeis ,cheias de conflitos uma prova disso, repito mais uma vez ,é que quem narrar a historia e Bella é dessa forma que ela se ver.
    Enfim caro autor o que essa menina tem a ousadia de dizer é que é difícil ler a critica de uma pessoa que já foi ler a saga cheio de idéias pré-determinadas como você mesmo diz “eu tenho um certo asco natural a literatura young-adult muito melosa”.

  31. 31 Ana Luiza Marques said at 23:25 on novembro 14th, 2009:

    Olha, eu sinceramente não sei o que você viu de errado na maravilhosa obra de Stephenie Meyer, ela aposta da descrição e isso anda funcionando muito bem obrigada. Quanto ao Edward, não a muito o que eu possa fazer para mudar sua opnião, afinal, do mesmo jeito que estou escrevendo indignada, você pode muito bem não gostar do Edward e tudo bem, eu posso aceitar isso.
    Falar mal do personagem, tudo bem, mas da história e da forma de escrita de Meyer, isso é um insulto praticamente! Meyer e sua forma de escrever inspiram uma legião de fãs que sonham em um dia poder ser escritora, como eu sonho. E se você não gosta, não saia falando coisas por ai, como se a sua fosse a única opnião que interessa. Meyer tem muitas pessoas que gostam muito de seus livros e querida, se você não gosta o problema é inteiramente seu. Você realmente não sabe o que esta perdendo.

  32. 32 kika said at 21:46 on novembro 23rd, 2009:

    ahpeloamordedeusss!
    cara uma pessoa que escreve 4 livros com mais de 300 pgs cda um sem se manter no mesmo enredo(exceto a parte em q bella qr se transformar)e ainda consegue escrever o quinto numa versão totalmente diferente, masculina, e ainda ganha o maior dinheirão com isso e fica muito, mais muito famosa que até um esquilo sabe quem é ela, ah fala serio cs são eh um bando de urubus!
    Olha, vampiros podem até nem existir(isso ñ foi comprovado :P ),o edward pode até ser o sonho de consumo de klker garota(mulherzinha cm vcs dizm), a bella pode se sem sal, igual a tdas as adolescentes em fase de desenvolvimento que fikm meio totalmente retardadas! mas vejam bm q em se tratand d pssoas q cresceram amando chpéuzinho vermelho, pinóquio, fadas e principes etc etc etc VCS Ñ SABEM D NADAA!

  33. 33 Gabrielle said at 12:02 on novembro 28th, 2009:

    ¬’ é a Bella é uma típica adolescente queridão.O Edward é um vampiro misterioso , o que você queria?A Bella uma safada e Edward um garanhão te liga né,olha bem pra historia e vê é qual é o que se encaixa melhor.
    Se você não gosta dane-se você queridão.

  34. 34 thamy said at 19:31 on dezembro 1st, 2009:

    para a galera que nao gosta da saga crepusculo por favor, nao critique porque é bom de ++++++++++++++++++++++++++++

  35. 35 Bárbara said at 13:53 on dezembro 9th, 2009:

    Olá! Achei seu blog fazendo pesquisas no google e me deparei com esse post. Bem interessante. Acabei de ler os livros há uma semana, também por curiosidade. “Por quê será que todo mundo vive falando desse tal de Crepúsculo?”

    O livro é fraco? Sim. Os personagens são fracos? A maioria, sim. Mas sabe que, eu me envolvi bastante com a história e me senti envolvida na maior parte do tempo. Stephanie Meyer não é literatura brilhante, mas se o objetivo da série é o entretenimento, ela o faz com muita competência.

    Parabéns pelo texto, gostei bastante!

    E sim, os comentários mal escritos das fãs são o que há de melhor! :)

  36. 36 Vinicius Tersi said at 14:35 on dezembro 13th, 2009:

    Acabei de assistir a “Crepúsculo” e, como adoro as críticas mais do que os filmes (principalmente as críticas que destroem filmes ruins), encontrei este blog e o lendo.org do André.
    Tanto você como o André tentaram falar do por que um filme tão ruim desses pode ser tão afamado junto ao público. Creio que posso ajudar com uma complementação do artigo escrito pelo André sobre o papel do ídolo adolescente.
    Há um livro muito bom de Francesco Alberoni chamado “O Erotismo: Fantasias e Realidades do Amor e da Sedução”, na verdade um livro que combina psicologia e sociologia para analisar como é a fantasia sexual para homens e mulheres. Na parte das mulheres, esse autor analisa por que os romances de água com açúcar sempre fazem sucesso.
    Os pontos que ele levanta são idênticos aos de “Crepúsculo”: uma heroína de beleza mediana e pequenos defeitos, com quem a leitora-alvo possa se identificar; o fato de ela ser cortejada por vários homens diferentes, mas não ter grande interesse neles; o papel dado ao ‘mocinho’, que deve ser sempre de uma beleza apolínea, completamente vidrado pela heroína, mas meio arredio, mesmo que de forma incoerente; as idas e vindas que ficam adiando sempre o óbvio envolvimento dos dois; os salvamentos da donzela em perigo.
    Portanto, o sucesso do livro (não li, mas o filme deve dizer muito) está exatamente em pegar a velha estrutura dos livros de água-com-açúcar tradicionais e dar um cenário novo com vampiros e lobisomens e uma ambientação adolescente. Isso preenche a fantasia sexual feminina adolescente da mesma forma que esses livros de qualidade duvidosa preenche a mesma necessidade de mulheres com algumas décadas a mais.
    Isso para mim também mostra que a inteligência comercial de Meyer é muito grande, pois conseguiu o êxito de ter como concorrentes, em vez de “Júlia”, “Sabrina” e outras séries meia-boca, “Harry Potter”, “O Código da Vinci” e outros best-sellers.
    Isso me lembre a passagem do livro “Pai Rico Pai Pobre”, em que Robert Kiyosaki é entrevistado na Tailândia e a entrevistadora pede um conselho sobre como escrever um best-seller, pois ela era também escritora. Ele diz então que ela deve fazer um curso de técnicas de vendas. Quando a vê indignada com tal ultraje, ele aponta a capa do livro e mostra a palavra “best-seller” bem grande, dizendo: você me perguntou como vender muitos livros e isso eu sei. Eu nunca disse que escrevia bem.

    Abraços!

  37. 37 Anna said at 14:20 on dezembro 17th, 2009:

    OOláá Pessoal!!!

    Meu nome é Anna,tenho 13 anos e pelas críticas que eu li,acho que vocês esqueceram que essas histórias são ficticias,que um homem tipo o Edward não existe.Concordo n`ao tem como uma pessoa ser perfeita como o Edwar mais acho que todos devem ver seus conceitos.
    O que me deixa com muiita raiiva sao as pessoas que nem leram os livros e acham que tem o direito de ir fazendo criticas contra o autor e o proprio livro.

  38. 38 Rayssa said at 15:42 on janeiro 4th, 2010:

    É muito fácil criticar aquilo que não apreciamos. Acredito que toda crítica é válida, quando se é construtiva.
    O que está em questão não é a dinâmica dos filmes que eu particularmente acredito que vem deixando a desejar se comparado a riqueza de detalhes que podemos encontrar nos livros.
    Stephanie tem um brilhantismo tão indiscutível que se levarmos em conta que a estória envolve apenas o risco de vida de Bella, e não o de toda humanidade, o bem e o mal é definido desde o princípio, não existe grandes traidores e reviravoltas como são os casos abordados pela J. K Rowlling na serie de Harry Potter ou também pelo aclamado Dan Brown em suas obras, mas ainda assim, é impressionante como a trama prende o leitor do inicio ao fim para saber o destino de apenas um casal. A autora combinou valores importantes que devem ser abordados, com uma estória de amor perigosa e emocionante. A riqueza de detalhes nos remete a imaginar exatamente a cena, sem pecar em nenhuma falta de coerência, óbvio levando-se em consideração que se trata de ficção. A idealização do Edward é exatamente como a forma que a Bella o vê, é como diz o ditado “O amor é cego” e, portanto por que seria diferente com ela já que se trata apenas de uma adolescente comum cheia de inseguranças e incertezas? O que ocorre nesta crítica é realmente um preconceito com relação ao romantismo, nos dias de hoje são raros os relatos reais de histórias de amor, então somente com a irrealidade é que o publico pode mergulhar nesse contexto, e foi exatamente isso que a autora nos deu, com um indiscutível talento, ela nos propiciou exatamente o que nos falta. Bom o fato é que a sociedade masculina critica as qualidades do Edward e o dispõe como personificação de uma figura feminina por que ele está colocando em “cheque” a imagem machista e arrogante que os homens em geral levaram milênios para construir. Em contrapartida fica a pergunta. Sendo Edward pregado pelos “homens” um personagem feminino, não seriam essas, as qualidades que os próprios homens que o criticam, também buscam numa mulher?
    Acredito que o que se deve levar em conta ao se criticar algum livro ou filme ou música ou qualquer outro tipo de arte, é qual a influencia que os mesmos podem ter sobre aqueles que são seu público alvo. E com relação a Serie Twilight especificamente, essa influencia não poderia ser melhor. Visto que, é pela falta de valores, como os que dão predicados ao Edward que a sociedade está derivando à bancarrota, é por falta de uma visão mais apaixonada como a da Bella que a juventude está se perdendo em meio ao caos do amadurecimento precoce, uma sexualidade vulgar e sem precedentes. É impressionante como Stephanie conseguiu dar um coração à um vampiro, e ainda mais, como ela conseguiu fazer com que ele tenha valores que hoje estão perdidos, com que ele tenha fé e acredite na existência de um paraíso e de um Deus, essa idéia está implícita nos livros e nas atitudes de Edward e dos Cullen’s em geral, com uma naturalidade e uma sutileza indiscutíveis. Não sou suficientemente religiosa a ponto de pregar conceitos de moralidade como “casar virgem” ou algo do gênero. Mas acho que a questão dos livros não é a moralidade em si, já que a Bella é nada puritana, e sim o amor, a exemplo o do Edward, a bondade da Esme, e a vontade de ajudar o próximo como é o caso do Carlisle. Os livros mostram que mesmo vivendo num meio onde a maldade é o caminho mais fácil e prazeroso, sempre se tem outra opção, sempre se pode ser melhor.
    E quanto ao adjetivo “mela-calcinha” realmente é de uma grosseria tamanha, pois é devido a esse tipo de machismo que o verdadeiro sentido de um bom romance está se perdendo.

  39. 39 beth said at 18:07 on janeiro 20th, 2010:

    concordo que o relacionamento entre bella e edward beira a pieguice, mas devemos concordar que todos os jovens querem viver esses romances melosos e aparentemente eternos. mas não concordo que toda adolescente seja chata , indecisa e de baixa auto-estima, pois não sou assim, tenho o meu namorado e não sou completamente retardada para acreditar que ele será eterno e perfeito…

  40. 40 vanessa said at 13:14 on março 5th, 2010:

    li os 4 livros e concordo plenamente
    a historia eh legal mas o edward é surrel demais
    e a bella fica um ano falando q ele é perfeito
    fora q ele ia se SUICIDAR so pq ele pensava q a bella tinha morrido ai eu pensei:
    “po,mais quanta consideração a familia,hein?”
    o jacob é o melhor de todos msm
    e a bella é um saco
    po, ela le shekspeare
    qual é…

  41. 41 milene said at 21:57 on agosto 3rd, 2010:

    o edward é um dos melhorer atores que eu vi na minha vida
    e vc homens que ficam falando que ele é insuportavel é pq vcs tem ciumes
    e tambem as mulheres gostao de homens como o personagem EDWARD CULLEN ta legal, por isso que todos as adolecentes amam ele de paixao e vc tao cheios de inveja

  42. 42 ana coroline said at 19:07 on abril 7th, 2011:

    Não concordo com você,pois o edward é perfeito e não parece mulher coisa nenhuma.


Leave a Reply