As emocionantes aventuras de um sysadmin linux na procura pelo uptime perfeito!

LinuxCon Brasil 2010 – Dia 2

Posted: setembro 9th, 2010 | Author: coredump | Filed under: Linux e Open Source, Uncategorized | Tags: , , ,

Continuando, o segundo dia da LinuxCon prometia ser tão interessante quanto o primeiro, mas como meu voo estava marcado para mais tarde eu tinha de ficar esperto com bagagem, aeroporto e essas coisas.

O Panel com os desenvolvedores do Kernel foi bem interessante. Foi meio um QA sobre futuro e passado do Kernel, com direito a casos pitorescos como “Qual o código menos mantido no código do kernel” (resposta, a camada TTY).

Outras palestras interessantes do dia incluiram a do Glauber da Red Hat sobre KVM, que me deixou bastante animado com relação a evolução do projeto. Ou “produto” como eles chamam lá na corporação deles.

Teve um palestrante que faltou. Foi… Trágico.

A palestra do Thomas Gleixner do RT Patch foi hilária. Eles são realmente meio malucos, mas aparentemente o patch está a caminho de ser aprovado. Claro que existem penalidades de performance em se usar um sistema Real Time, em torno de 25% até, mas se você quer usar um real time kernel você tem de se conformar.

No final das contas, a qualidade das palestras da LinuxCon é inegável, principalmente dos palestrantes internacionais.

intel.

Compartilhe:
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Slashdot
  • StumbleUpon
  • Technorati
  • TwitThis
  • Identi.ca
  • Twitter

Posts relacionados:

  1. LinuxCon Brasil 2010 – Dia 1 Depois de algum tempo sem ir a eventos de SL...
  2. II Festival Software Livre Bahia Então. Na quinta a noite estarei indo para Salvador, participar...
  3. Sobre o novo sistema de avaliação de palestras do FISL Esse post é uma rant. Nem é tão pela minha...
  4. Ftrace – tracing de funções do kernel Linux Saiu um artigo sobre o assunto na LWN a alguns...
  5. Fui, vi e gostei Acabei de chegar de Salvador, BA, onde fui participar do...

1 Comment »

One Comment on “LinuxCon Brasil 2010 – Dia 2”

  1. 1 Glauber Costa said at 0:08 on setembro 13th, 2010:

    A gente chama de produto porque… é um produto =]

    O projeto, depois de n etapas, se torna um produto, com uma SLA, garantias, contratos, etc.


Leave a Reply