As emocionantes aventuras de um sysadmin linux na procura pelo uptime perfeito!

A licença do Vista ou “seu computador agora é meu”

Posted: fevereiro 2nd, 2007 | Author: coredump | Filed under: Linux e Open Source, segurança | Tags: , ,

Andei lendo sobre o EULA (End User License Agreement ou Termo de Licença para Usuário Final) do Windows Vista [outra análise] [e aqui para advogados] e confesso que se em algum momento eu tive a menor vontade de instalar o mesmo, nem que fosse apenas para testar, essa vontade passou nas primeiras linhas. É praticamente um tratado de Treacherous Computing [pequena animação sobre como Trusted Computing vira Treacherous Computing].

Só para dar um exemplo de coisas que estão no EULA:

  • A Microsoft se reserva o direito de checar periodicamente a legitimidade do software e desabilitar partes do sistema caso isso falhe. “Falhar” inclui não conseguir se comunicar com a Microsoft, aparentemente.
  • O Vista inclui o Windows Defender, um anti-virus/spyware/firewall que pode inclusive “desinstalar programas considerados perigosos”. O “perigosos” é definido pela Microsoft, não pelo usuário, e esse processo também acontece sem aviso, e a Microsoft não se importa com programas não funcionando por causa disso.
  • A Microsoft pede uma revalidação quando você troca algumas partes do Hardware. E trocar de máquina, só uma vez, depois disso já era.
  • A Home Edition não pode ser rodada em uma Virtual Machine, ponto final. As versões Business e Ultimate podem rodar em VM (e são substancialmente mais caras) mas não podem executar nenhum conteúdo protegido como áudio e vídeo enquanto virtualizados.

Isso sem entrar na parte de degradação de qualidade de vídeo e conteúdo de alta qualidade (HDCP), DRM, drivers que tem de ser assinados usando uma tecnologia absurda. Isso só pode ser uma empresa que não tem o menor escrúpulo em ignorar completamente o usuário, o mercado e os desenvolvedores.

E isso tudo exatamente pelo quê? Se ainda fosse por alguma grande mudança de paradigma ou mais performance, mas o OS X ganha de longe, e sobre os efeitos visuais, o Linux está bem a frente, além de ser livre, estável, respeitar o usuário e já ser simples de usar como qualquer outro sistema operacional.

Ou seja: Windows Vista? Não, obrigado.
A máquina é minha, não do sistema operacional.

tags: vista, linux, eula, treacherous computing

2 Comments »

Botões para o Guia da Desobediência.

Posted: janeiro 22nd, 2007 | Author: coredump | Filed under: desobediência Virtual | Tags: , ,

Algumas pessoas sugeriram a criação de alguns “botões” para se colocar em sites e blogs, etc… Essas duas versões abaixo são os primeiros testes com relação a isso.

Sintam-se livres para usá-los e linkar de volta para o guia.

O arquivo SVG original também está disponível.

Lembrem-se de apontar os links dos botões para http://core.eti.br/category/desobediencia-virtual/

intel.

tags: imagens, botões, desobediência virtual

1 Comment »

DICA: Torpark, Firefox + TOR embutido e portátil

Posted: janeiro 18th, 2007 | Author: coredump | Filed under: desobediência Virtual | Tags: , ,

Basta fazer o download e sair navegando. Por ser baseado no Firefox torna a sua utilização simples e confiável, e pode ser usado num pendrive sem ter que instalar, embora tenha uma pequena perda de velocidade!

Veja o Manual em: http://www.torrify.com/manual.php
Download em: http://www.torrify.com/download.php

Enviado por Luiz Claudio Eudes em 17/01/2007

2 Comments »

DICA: Web-Proxies para Navegação Anônima

Posted: janeiro 18th, 2007 | Author: coredump | Filed under: desobediência Virtual | Tags: , ,

Alguns endereços sobre o assunto:

www.backfox.com

www.pimpmyip.com

www.7eth.net

Enviada por JW em 17/01/2007

1 Comment »

Guia da Desobediência Virtual

Posted: janeiro 12th, 2007 | Author: coredump | Filed under: desobediência Virtual, Uncategorized | Tags: , , ,

O GDV é um projeto simples, consistindo em gerar e compilar o maior número de artigos e dicas, detalhadas e simples, para todos os interessados em privacidade, segurança e anonimato na Internet.

Pelo mundo a fora, as liberdades que consideramos garantidas na Internet estão sendo ameaçadas e diariamente sequestradas por sistemas jurídicos capengas, grandes corporações, governos autoritários. Leis antigas e não adaptadas às novas tecnologias servem como pretexto para o este ataque, e quase nada nos resta a fazer.

Mas, como bons cidadãos, ainda nos resta a Desobediência. A Desobediência Virtual é apenas um nome para a desobediência civil. Você pode ler mais sobre a Desobediência Civil aqui.
Como?

Todos podem contribuir. Basta deixar um comentário ou enviar via email a colaboração. O plano é o seguinte:

  1. Recebe-se material.
  2. Compila-se o material em um PDF.
  3. Fecha-se uma versão do Guia, com distribuição gratuita.
  4. Volta ao passo 1, aproveitando para revisar antigos materiais.

Ao enviar o material, o link para o original fica aqui e aberto para comentários. Qualquer tipo de material pode ser enviado, desde que tenha alguma relação com os assuntos: privacidade, segurança, anonimato. Isso inclui não apenas guias técnicos mas também modelos de protestos, cartas que podem ser utilizadas em petições, exemplos de protestos e idéias em geral. Ninguém precisa fazer uma greve de fome, mas utilizar blogs para organizar uma manifestação precisa de algum know how. Este guia não tem NADA a ver com invasões, teste de penetração, cracking, virus, etc… É sobre proteger a identidade e não ter a liberdade tolhida por desmandos. Não importa se o assunto já foi enviado, quanto mais material sobre um assunto existir maiores serão as chances de que alguém encontre exatamente o que está procurando.
Importante, se enviar algum material, deixe claro no mesmo que os direitos foram cedidos ou liberados para a utilização, isso pode atrapalhar todo o processo.

Todo o material relacionado a este guia vai ser colocado sob a a categoria Desobediência Virtual.

7 Comments »