As emocionantes aventuras de um sysadmin linux na procura pelo uptime perfeito!

Resenha: The Dragon Reborn

Posted: abril 20th, 2008 | Author: coredump | Filed under: Literatura | Tags: ,

Link para a library: http://core.eti.br/library/robert-jordan/the-dragon-reborn-the-wheel-of-time-book-3/

Terminei o terceiro livro de Wheel of Time a algum tempo, mas meio que negligenciei a resenha.

O livro é a prova de que o personagem principal do livro varia muito. Na verdade tem de se considerar um núcleo de personagens principais. Considerando desta forma, Dragon Reborn faz mais sentido.

A história começa de onde ele terminou no livro dois e daí por diante se estende com o “personagem principal” ausente durante todo o livro, e os seus companheiros indo, cada um de sua forma e com suas batalhas e problemas, encontrá-lo no capítulo final do livro.

O livro termina um ciclo, então imagino que Wheel of Time seja meio que dividido em trilogias.

Depois coloco mais detalhes.

No Comments »

Resenha: The Great Hunt

Posted: março 26th, 2008 | Author: coredump | Filed under: Literatura | Tags: , ,

Entrada na Library:

http://core.eti.br/library/robert-jordan/the-great-hunt-the-wheel-of-time-book-2/

O segundo livro da saga de Wheel of Time melhora bastante o número de tramas acontecendo ao mesmo tempo e apresenta alguns novos oponentes. O ritmo do livro é mais rápido que o do primeiro, mas ainda temos um protagonista-relutante e alguns coadjuvantes com pontas soltas.

A história começa exatamente onde o livro um parou, com alguns meses de diferença apenas, e se desdobra daí para uma caçada em busca de recuperar um importante artefato mágico roubado (The Horn of Valere), o nome do livro tem a ver com isso e também com o fato de que existe realmente uma Great Hunt for the Horn acontecendo em uma nação próxima. Com a separação dos grupos, começamos a observar dois diferentes grandes histórias acontecendo ao mesmo tempo: a busca pelo Horn of Valere empreendida pelos personagens masculinos (Rand, Perrin e Mat) e a chegada a Tar Valon das moças (Egwene e Nynaeve) para treinamento.

Reviravoltas e mais reviravoltas, desencontros e encontros com personagens do outro livro (como Donon, capitão do navio Spray), além da apresentação de um exército invasor completamente surtado (os Seanchan). Existe muita atenção dada as personagens femininas e o foco narrativo se desloca para longe de Rand (o protagonista) por vários capítulos até um fortuito reencontro. Para quem gosta de Moraine e seu Warden, Lan, é uma longa espera (ela não é muito presente no livro dois).

Continuo recomendando os livros e a série. Já estou lendo o livro três (The Dragon Reborn) e devo colocar uma resenha em breve. A não ser que eu não consiga o livro quatro em tempo hábil, daí eu vou enrolar para terminar o três :P (felizmente a Li já tinha previsto isso e o resto dos livros já está a caminho yay).

intel

No Comments »

Resenha: The Eye of the World

Posted: março 10th, 2008 | Author: coredump | Filed under: Literatura | Tags: , ,

Entrada na Library:

http://core.eti.br/library/robert-jordan/the-eye-of-the-world-the-wheel-of-time-book-1/

Desde muito eu fica na Livraria Cultura namorando os livros de Wheel of Time, só que eles nunca tinham o volume 1 e eu sempre esquecia de pedir, ou algo assim. Finalmente, mês passado consegui uma cópia do Eye of The World, Book 1 of the Wheel of Time, com o Larcher.

O livro lembra muito Tolkien em certas partes, e o autor disse em várias entrevistas que esta era mesmo a intenção deles. Dependendo de como você ler, pode até pensar que é uma cópia descarada. Mas as semelhanças só vão até um certo ponto. Wheel of Time tem uma política e sociedade mais complicada que LoTR e nada maniqueísta. Existem os bons, os maus, os anti-heróis e todas as shades of grey que fazem a história ficar interessante.

Wheel of Time foi planejado para 12 livros. Isso deixa espaço para o autor detalhar e muitas vezes super-detalhar certas coisas. Não fica chato em nenhuma hora e a história por enquanto não tem muitos side plots, o que é interessante. A leitura é fácil, mas eu não sei se foi traduzido então só posso falar do inglês.

Todo o conceito de Wheel of Time gira em torno da própria história cíclica do mundo. O mal (encarnado pelo Dark One) se levanta e os poderes da Light se encarregam de levantar um novo campeão (chamado Dragon) para lugar contra as forças do Dark One. Isso acontece a eras e eras. O livro se passa na terceira era (hmm, tenho de checar isso). Magia é a capacidade de certas pessoas ‘tocarem a True Source‘ e possui duas polaridades, uma mais fácil para mulheres e outra para homens. Quando a história começa, a parte masculina da True Source está envenenada pelo Dark One e só mulheres usam magia (os homens tem de ser ‘cortados’ da fonte quando são descobertos, pois eles enlouquecem e merda acontece).

A história tem suas horas épicas mas nada ainda no nível da Batalha nos Campos de Pelennor, até porque é a primeira parte de uma história gigantesca e intrincada. Além disso, estou lendo o segundo volume e a história ainda tem várias características de amadurecimento dos personagens e pelo que vi esta fase pode durar até o terceiro volume. Personagens principais ainda estão descobrindo suas histórias e habilidades e outros estão indo para treinamentos e similares.

Não se engane pensando que a história é devagar ou coisa assim, porém. Eu estou viciado nos livros e eles são realmente muito bons. Aparentemente, os plots se multiplicam pelos livros. Recomendo completamente. Eu estava sentindo falta de uma longa série para ler dese LoTR e Harry Potter. :P

Uma última nota, 11 dos 12 livros já foram lançados, mas Robert Jordan (o autor) morreu antes do 12º ficar pronto. Mesmo assim ele deixou notas extensas e bem detalhadas do que ele queria para o final, e a Tor Books contratou um outro autor (que a viúva do Robert Jordan escolheu pela semelhança de estilos) para escrever o último livro, A Memory of Light, que deve sair em 2009.

1 Comment »